domingo, 12 de maio de 2013

Introdução

                                    


"Que o teu remédio seja o teu alimento, e que o teu alimento seja o teu remédio"

O Homem fez a doença e a Natureza deu a Cura. Os alimentos naturais fornecem o equilíbrio para o corpo humano gozar de uma boa saúde.

No entanto, quando o Homem se desvia dos alimentos naturais e provoca a sua doença, deve procurar a cura precisamente na Natureza, que lhe proporciona tudo o que ele necessita, para fazer regressar a sua saúde e o equilíbrio.

As plantas dão-nos realmente a cura, mas devemos conhecê-las bem, saber os seus efeitos, os seus perigos e as suas virtudes.

É isso que nos propomos dar a conhecer, para uma melhor saúde.

Embora o título deste blog seja referente a "Ervas", é mais exato usar o termo plantas, já que incluímos aqui ervas, árvores e arbustos.

Algumas das plantas aqui divulgadas, são pouco conhecidas e cultivadas em Portugal, mas a maior parte são muito comuns. O nosso objetivo é dar a conhecer as propriedades destas plantas e seus subprodutos: frutos, flores, casca, raízes e folhas.

Os métodos de extrairmos e potenciarmos estas propriedades são: chás, decocções, emplastros,  tinturas e pomadas.

Cuidados a ter:

SE ESTIVER GRÁVIDA-  deve abster-se de ingerir as seguintes plantas e para todas as outras deve consultar o seu médico: casca de raiz de pilriteiro, cáscara sagrada, matricária, amoras (bagas) de zimbro, artemísia, poejo, raiz de erva dos cachos da índia, arruda, sene, abrótano, tanaceto, tuia, absinto, balsamina-longa, cerefólio, angélica da china, alfavaca silvestre, mandrágora americana, poejo bravo, onagra, hipericão do Gerês, salsa e aipo. Estes dois últimos devem ser tomados com cautela em dosagens mínimas.

AVISOS GERAIS: Sempre que utilizar plantas comestíveis ou medicinais, certifique-se de colher a planta correta, e que a planta esteja saudável e tenha crescido em bom solo. Ou seja: evite plantas próximas a esgotos, lixo, sujeira, etc. Evite plantas com sinais de muitos ataques por insetos ou fungos. Não recomendo o uso de produtos agroquímicos sobre qualquer planta, sejam plantações ou populações selvagens, para qualquer finalidade. Para plantas medicinais comerciais, o uso de agrotóxicos é proibido. Leia atentamente as dicas, recomendações, e receitas. No mundo biológico todo detalhe é importante. Se tiver dificuldade para identificar uma espécie, entre em contato comigo ou algum especialista que conheça (eu não sou capaz de reconhecer qualquer coisa, claro, mas posso indicar alguém que talvez possa resolver seu problema).




Ervas e Curas - O Glossário Herbal Copyright © All Rights Reserved. You may copy and redistribute this stuff so long as you do not alter it in any way, the content remains complete, and you include this copyright notice link: http://glossarherbalapotheke.blogspot.pt/

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...